Notícias


Recentes

11.10.2010
NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APAREC ...

20.05.2010
SANTO DO DIA: São Bernardino de Se ...

26.04.2010
SANTO DO DIA: Santo Anacleto ...

23.04.2010
SANTO DO DIA: São Jorge ...

16.04.2010
BOLETIM DA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA ...

16.04.2010
SANTO DO DIA: Santa Bernadete Soubi ...

Segunda-feira, 22 março de 2010

DIA MUNDIAL DA ÁGUA


Dia Mundial da Água 
 
A Assembléia Geral da ONU designou o dia 22 de Março como o Dia Mundial da Água, em 1993.

"A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos." Esse alerta, contido no artigo 1º da Declaração Universal dos Direitos da Água, é um desafio para a humanidade.

De toda a água existente no planeta, 97,5% é salgada, encontrada nos oceanos e mares, e 2,493% é doce, de difícil acesso, porque essa água doce forma as geleiras inacessíveis e está armazenada nos lençóis subterrâneos, rios e lagos. Somente 0,007% de água doce é de fácil acesso; o atual estoque mundial de água potável é de 12,5 mil km3. O Brasil detém 8% de toda água doce superficial do planeta; a maior parte, cerca de 80%, está localizada na região Amazônica. Os 20% restantes se distribuem de forma desigual pelo país, atendendo 95% da população.

Se o mundo continuar no caminho do desenvolvimento predatório dos recursos naturais, a vida se tornará impossível para a humanidade, dentro de cinqüenta anos. Desde 1970 e 1995 até os dias atuais a quantidade de água disponível para cada habitante do mundo caiu de maneira preocupante, alertando até a ONU.

A cada oito segundos, morre uma criança acometida de doença relacionada à água, como disenteria e cólera. No mundo, 80% das enfermidades são contraídas por causa da água poluída. Outro sinal é a carência de água, que já atinge 1,680 bilhões de pessoas, que vivem em áreas de seca permanente e não têm acesso à água limpa. Esse número deve dobrar até o ano 2025; a falta de água potável afetará metade da humanidade.

Para tentar solucionar o problema de desabastecimento de água, o Banco Mundial estima a necessidade de investimentos maciços para os próximos anos. Já a ONU calcula um custo de cinqüenta dólares por pessoa e também confirma a previsão de guerras no Oriente, perto do ano 2021. Essas guerras acontecerão devido à disputa da água, não mais em razão do petróleo. A água já é parte fundamental no conflito existente entre Israel e o povo palestino.

O corpo humano é constituído por 70 % de água, mas perde-a por meio da urina, do suor, dos dejetos sólidos e até pelos pulmões, na expiração. Ao deixar de beber água, uma pessoa vive só três dias, porque perde 13 litros da água do corpo e morre. A água é mais essencial à sobrevivência do que a comida. Sem alimento, uma pessoa pode resistir até quarenta dias.

A população precisa atingir um grau de conscientização que implica a mudança de mentalidade e de hábitos. Se todos economizarem, os riscos de falta d'água serão retardados. A água é um recurso natural importantíssimo para todos, sem o qual seria impossível a vida do ser humano, dos animais e das plantas.

Padre Marcelo Barros, monge beneditino, diz com muita propriedade: "Devemos ser estimulados a cuidar da terra e da água, não apenas por razões políticas e circunstanciais, mas porque a fé nos torna capazes de ver, em cada fonte de água, um sinal do amor de Deus pelo Universo".

Contato:
Fone: (41) 3222-7301
Av. Jaime Reis, 531 - Mercês
Curitiba - Paraná - Brasil
Secretaria: Av. Jaime Reis, 531 - Mercês
Fone: (41) 3222-7301

Web Wizards Design
Copyright© 2014